Lucho Gonzalez recordou o golo de Kelvin que deu a vitória sobre o Benfica em 2012 na penúltima jornada da Liga, que atirou o FC Porto para a liderança, por troca com os ´encarnados`. Em entrevista ao PortoCanal, ´El Comandante` recordou do remate triunfante do brasileiro aos 92 minutos, numa altura em que poucos acreditavam na vitória.

"Dos títulos que consegui aqui foi o mais festejado [2012/13], o mais difícil, só o grupo acreditava que era possível, mesmo os adeptos não acreditavam. Vejo as imagens e parece um filme. Mesmo que quisesses fazer um final assim não saía bem. Penso que o Jorge Jesus nunca mais deve ter visto aquelas imagens. Não me lembro de ouvir tanto barulho num golo como naquele. Foi uma loucura, não sabíamos como festejar sequer. Só queríamos que o jogo acabasse", lembrou o agora jogador do Atlético Paranaense.

Na entrevista ao canal de televisão do clube azul-e-branco, o argentino de 35 anos recordou essa sua passagem pelo FC Porto, numa altura em que até tinha melhores propostas.

"Tinha até uma proposta do Internacional de Porto Alegre que me dava o mesmo que o Marselha. A minha mulher, portuguesa, estava na dúvida sobre ir para o Brasil. Surgiu o FC Porto. Tinha outras alternativas, em Itália, mas no momento em que apareceu, disse ao meu empresário para esquecer tudo", recordou.

Antes da sua segunda passagem pelo FC Porto, Lucho já tinha deixado saudades noo Dragão, de onde saiu em 2009 rumo ao Marselha. A decisão sair não foi fácil, numa altura em que já era um dos mais respeitados futebolistas do FC Porto.

"A decisão não foi fácil. Fui de férias para a Argentina e o Deschamps ligou-me a dizer que era o principal objetivo do Marselha e eu a pensar que tinha medo de sair de um clube em que estava bem e ter de provar tudo de novo. 'Não sei se o FC Porto me vai deixar sair, estou muito bem, vão pedir muito dinheiro'. Ele disse que isso não era problema, que só queria saber da minha disponibilidade. Disse que sim, mas depois acompanhava as notícias e a cada dia ia sendo mais real. Falei com Rui Carvalho [team manager] que ia no dia seguinte buscar as minhas coisas e emocionei-me", lembrou ´El Comandante`.

Lucho Gonzalez esteve sete épocas no FC Porto.


VÍDEO: Veja o golo de Kelvin ao Benfica em 2012.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.