Após o final do encontro com o FC Porto, o treinador-adjunto do Santa Clara, Luís Morgado, mostrou-se orgulhoso da exibição da equipa açoriana no Estádio do Dragão. O técnico dos insulares realçou o crescimento recente que os jogadores têm vindo a fazer e espera que tal continue nas próximas jornadas.

"Se fossemos ver pela classificação ninguém diria isto. Fizemos um excelente jogo, já vínhamos a demonstrar desde o jogo em Alvalade que temos vindo a crescer. Não é fácil fazer o que estes jogadores fizeram aqui. É uma questão de acreditar e só nos resta dar continuidade. As pessoas dos Açores ficaram muito orgulhosas de nós", afirmou Luís Morgado.

O adjunto de Danildo Accioly comentou também o lance da grande penalidade que deu o primeiro golo ao FC Porto. Luís Morgado é da opinião de que não houve razões para marcar penálti e que tal acabou por influenciar a postura da sua equipa na segunda parte.

"A superioridade é evidente pela qualidade do FC Porto, mas o que desbloqueia o jogo é um lance em que não é penálti. Se fossemos para o intervalo 0-0 era complicado para o FC Porto. Só queria deixar mais uma mensagem: valorizar o que estes jogadores fazerem e um homem que tem um grande orgulho neles, o Accioly, que pegou na equipa numa situação muito difícil. Não valorizem só a classificação, valorizem o que estes jogadores têm feito", concluiu.

Já Ricardinho mostrou-se satisfeito com a postura e exibição do Santa Clara. O avançado dos açorianos saiu a pensar que a equipa poderia ter alcançado outro resultado.

"Sim, saímos deste jogo com a sensação de que podíamos ter outro resultado, hoje fomos uma equipa à imagem do que tem sido o Santa Clara em outros anos. Temos de levar este jogo com exemplo, este Santa Clara tem de jogar assim nos jogos todos", disse Ricardinho.

O jogador dos insulares estava orgulhoso da exibição da formação açoriana, e acredita que a qualidade da equipa não se reflete na classificação.

"Os nossos resultados não refletem a nossa qualidade, mas isso não pode ser só num jogo. Se estamos em últimos é porque em outros jogos não fizemos o que fizemos hoje. Mas saio daqui orgulhoso", sublinhou o jogador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.