O guarda-redes Raphael Aflalo rescindiu contrato com o Desportivo das Aves devido aos salários em atraso. Foi o próprio quem confirmou a saída do emblema avense, através das redes sociais.

"Gostaria de agradecer ao CD Aves pelo tempo que estive vestindo essa camisa, foi o clube que me abriu as portas aqui na Europa e na Primeira Liga, e agradeço também a torcida, que sempre apoiou a equipa nas competições que entrámos em campo", começou por escrever o guardião.

"Aqui conquistei a Liga Revelação e Taça Revelação na temporada passada e fui eleito o melhor guarda-redes da competição. Porém, infelizmente, tive que tomar a decisão de rescindir o meu contrato porque estou há três meses sem receber o meu salário. Não é a primeira vez que essa situação acontece, como alguns já sabem, a minha esposa está grávida e não tive outra opção, tomámos essa decisão porque não compactuamos com a atitude dessa direção", esclareceu ainda.

O guarda-redes brasileiro de 24 anos, que fez cinco jogos pela equipa principal do Desportivo das Aves, junta-se a uma longa lista de futebolistas que rescindiram contrato com os avenses devido aos salários em atraso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.