O forte ataque de FC Porto e Sporting no mercado de transferências não passou em claro a José Mourinho, que teceu críticas ao que considera serem gastos excessivos perante a dura realidade de Portugal.

Em declarações prestadas numa conferência de imprensa em Montreal, onde o Chelsea está a estagiar, o técnico português recorreu aos exemplos nacionais para apontar o dedo às crescentes 'loucuras' no mercado de transferências.

"Basta olhar apenas para o que está a acontecer no meu país. No geral, é um país com muitos problemas: sociais, políticos, económicos. É um país com problemas, as pessoas estão a sofrer, houve muitos cortes, os mais velhos têm problemas com as reformas, os impostos são altos, há problemas de salários, emprego, tudo. Ora, este ano, o FC Porto pagou 20 milhões de euros pelo Imbula e deu um salário incrível ao Casillas. O Sporting está a pagar milhões a treinadores e jogadores. O futebol contraria qualquer situação", afirmou Mourinho.

O técnico português passou então para o futebol inglês, onde ainda esta semana o Manchester City investiu mais de 60 milhões de euros em apenas um jogador. Uma postura que contrasta com as 'reservas' do Chelsea, que apenas contratou o guardião Begovic e o avançado Falcao, este último por empréstimo.

"Este ano estamos a dizer: vejam o dinheiro que pagaram pelo Sterling. Mas vai ser pior para o ano. Alguém vai chegar aos 60 milhões de libras. O futebol é assim. Numa época fala-se de fair-play, na outra seguinte fala-se das formas de como o contornar. Não me chateia.... Estou feliz com a forma como estamos a trabalhar e com o desafio de contrariar este poder. Já disse aos meus jogadores que nós somos os mesmos e os outros não. Não posso impedir que outros assaltem um banco e gastem milhões e milhões. Não posso impedir que os outros tenham a sensação de estar a jogar contra os campeões. Os outros estão a gastar, estão a comprar muito para tentarem fazer melhor do que nós, mas nós somos os mesmos. Vamos trocar um guarda-redes por outro e um avançado por outro", rematou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.