O Rio Ave continua sem pontuar e sem marcar no campeonato e Carlos Brito diz que a equipa entrou em campo condicionada pela necessidade de começar a somar pontos.

“Na primeira parte pouco existimos. Aos poucos o FC Porto tomou conta do jogo e o facto de precisarmos de pontos pode ter provocado algum receio.”

Posto isto, Carlos Brito reconheceu que “o Porto foi melhor e mais eficaz”.

“Queremos jogar o mais rápido possível para alcançar uma vitória”, disse ainda.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.