Paulo Sérgio, treinador do Portimonense, em conferência de imprensa, depois da derrota frente ao FC Porto.

Confusão com Sérgio Conceição: "Quero pedir desculpa aos meus jogadores, pedir desculpa em geral, foi a primeira vez na minha carreira que fui expulso e acho que isso diz tudo. Nunca tinha sido expulso anteriormente e uma das coisas que falo com os meus jogadores é para não se deixarem ir na emoção e eu cometi esse erro. Como tal, tenho de pedir-lhes desculpa e fico-me por aí. As imagens são esclarecedoras e não tenho mais nada a dizer"

Primeiro golo do FC Porto: "O Sérgio Oliveira tocou a bola com o cotovelo. Parece-me claro e evidente, há uma repetição da SportTV que o mostra claramente"

Análise: "É difícil ganhar jogos quando não tens eficácia, principalmente num jogo com um adversário desta qualidade. Vamos para o intervalo a perder 1-0, numa infantilidade na forma como defendemos o drible do Corona no lado esquerdo, nem a pressão na bola, nem a cobertura estava bem posicionada. Depois há uma série de carambolas, há o cotovelo na bola do Sérgio e acabamos por ser nós a introduzir a bola na baliza. Essa é a ocasião do FC Porto na primeira parte, nós tivemos o Anzai isolado e o Beto, duas grandes oportunidades. O FC Porto acaba por sair em vantagem com um lance que já descrevi. Na segunda parte, voltamos a isolar-nos mais três vezes e apenas numa concretizámos. O FC Porto faz o segundo golo, numa falta completamente desnecessária. Bola no poste, bola na cabeça do Samuel e 2-1 para o FC Porto. Não tendo eficácia, é difícil contra qualquer equipa"

Substituições: "Nós íamos mexer na altura em que fizemos o golo do empate. Com o golo do empate resolvemos aguardar mais um pouco, mas depois veio o golo do FC Porto e mexemos. O que mexemos íamos fazer uns minutos antes, só que marcámos e repensámos se devíamos de arriscar logo no momento e fizemos mais tarde"

Resposta a Conceição: "A prova que a estratégia estava correta com os três centrais é que a minha equipa não queimou tempo absolutamente nenhum, é ver o jogo. Pelo contrário, na segunda parte o Marchesin leva amarelo por não repor a bola. Os três centrais e as estratégias são todas boas. Se bem me recordo o FC Porto com o Manchester City e com o Rangers usou esta estratégia. Estar-me a querer ferir com esta situação, não faz sentido"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.