O FC Porto venceu o Portimonense por 2-1 e segue na perseguição ao Sporting, depois de sair vitorioso do reduto dos algarvios graças a dois autogolos da equipa de Portimão.

A partida fica marcada pela confusão entre Sérgio Conceição e Paulo Sérgio depois do 2-1, com os dois treinadores a envolverem-se numa acesa troca de palavras e a serem expulsos.

O jogo começou partido, com um FC Porto a ter mais posse de bola, mas a sem conseguir criar grandes oportunidades de golo, sendo que a primeiro surgiu mesmo pelos pés de Anzai, aos três minutos, quando, vindo do corredor direito, ficou frente a Marchesin, mas na tentativa de chapéu, atirou muito ao lado.

Os portistas comandavam as hostes do jogo, mas sem criarem grande perigo no último terço e a sofrendo um revés na partida aos 24 minutos quando Pepe, lesionado, teve de deixar o jogo, com a entrada de Diogo Leite para o seu lugar.

O Portimonense remetia-se à defesa, evitando que os portistas entrassem em zona de perigo, uma estratégia que resultou até bem perto do intervalo.

Numa altura em que o empate ao intervalo parecia certo, Corona arrancou do corredor direito até ao interior da grande área para cruzar para Sérgio Oliveira, que falhou o remate.

A bola acabou em Marega que tentou encostar para o interior da baliza, mas Lucas Possignolo, ao tentar tirar a bola para fora, acabou por coloca-la dentro da própria baliza aos 45+1'.

O Portimonense reclamou de uma alegada mão na bola de Sérgio Oliveira no lance, mas Rui Costa nada assinalou. Na resposta, Beto ficou perto do empate, mas viu a mancha de Marchesin evitar o 1-1.

No segundo tempo, o FC Porto esteve perto de chegar ao 0-2 por Marega e Taremi, mas foi o Portimonense a chegar ao empate quando, após remate de Beto defendido por Diogo Leite, Candé surgiu para, na recarga, fazer o 1-1 aos 64'.

O empate, contudo, durou pouco. Sérgio Oliveira, aos 67 minutos, marcou um livre de forma irrepreensível que embateu no poste, mas acabou por embater nas costas do guarda-redes do Portimonense e entrar na baliza.

E é aqui que surge mais um momento que vai dar de que falar e que pouco ajuda ao jogo. Paulo Sérgio e Sérgio Conceição, que antes já tinham levado um amarelo por trocarem palavras menos simpáticas, envolveram-se numa acesa troca de galhardetes, com o técnico do FC Porto a dirigir-se ao técnico adversário logo após o golo.

Os dois foram expulsos e viveram-se momentos de tensão junto ao túnel, chegando mesmo a parecer, por momentos, que os dois técnicos iam chegar a vias de facto, valeu jogadores, adjuntos e delegados a acalmarem os ânimos. Cenas lamentáveis.

Voltando ao jogo, o Portimonense entrou nos últimos minutos mais pressionante. Correndo atrás do prejuízo, os algarvios tentavam chegar com perigo à grande área portista, mas sem sucesso, com o FC Porto a segurar o resultado, tendo estado perto de chegar ao terceiro, aos 88', mas o remate de Luis Díaz foi defendido por Samuel.

Com esta vitória, o FC Porto reduz, provisoriamente a desvantagem para o Sporting para sete pontos, uma vez que os leões só entram em campo a partir das 20h30. Já o Portimonense continua com 23 pontos e pode cair para os lugares de despromoção até ao final da jornada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.