O FC Porto ascendeu hoje à liderança da I Liga portuguesa de futebol, embora em igualdade pontual com o Sporting, ao vencer por 3-0 na receção ao Desportivo de Chaves, em encontro da quinta jornada.

O camaronês Aboubakar, aos 49 minutos, o brasileiro Soares, aos 86, na recarga a um penálti que falhou, e o maliano Marega, aos 88, apontaram os tentos dos portistas, que somaram o quinto triunfo em outros tantos jogos.

No final do jogo, Sérgio Conceição admitiu algumas dificuldades do FC Porto para segurar a vantagem no marcador e elogiou o adversário pela forma como conseguiu anular o jogo interior da sua equipa.

"Disse na antevisão do jogo que o Desp. Chaves tem um bom treinador e boas individualidades e que vai fazer um campeonato tranquilo. Entrámos no jogo não da forma que preparámos, mas tem de se dar mérito ao Chaves, que foi mais agressivo e bloqueou o nosso jogo interior e mesmo nas laterais. Pecámos um pouco na fase de início de construção de jogo. Não havia necessidade de ter tantos jogadores junto ao avançado do Chaves e devíamos ter mais jogadores na frente, com mais critério", começou por dizer Sérgio Conceição.

"Mudámos isso na segunda parte e entrámos mais agressivos, com diversidade maior de movimentos e respeitámos o que estava trabalhado na construção. O Chaves podia ter empatado o jogo, mas é uma vitória justíssima do FC Porto porque também tivemos oportunidades para ampliar o resultado", acrescentou o técnico do FC Porto.

"O Chaves deu boa réplica, foi um jogo difícil e não podemos esquecer os jogadores que chegaram a conta-gotas, o que dificultou a preparação do jogo. Mas parabéns aos jogadores", sentenciou sobre o jogo da quinta jornada.

Questionado sobre qual o segredo para os resultados desta época do FC Porto, o técnico portista apontou ao bom trabalho que os jogadores têm vindo a fazer.

"O segredo para criar oportunidades é o início da construção de jogo e o não sofrer tem a ver com o trabalho de pressão dos avançados. Temos trabalhado bem, não temos sofrido golos. A oportunidade que o Chaves criou hoje foi das poucas que nos criaram. Todos acreditam na nossa ideia de jogo", sentenciou Sérgio Conceição

Na classificação, os ‘dragões’ somam os mesmos 15 pontos do Sporting - e mais dois do que o tetracampeão Benfica -, mas têm melhor diferença de golos (12-0 contra 13-3).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.