O jovem internacional marfinense Willy Braciano Ta Bi morreu aos 21 anos, vítima de doença prolongada, anunciou a Atalanta, a sua antiga equipa, na última terça-feira.

Ta Bi, apontado com uma estrela em ascensão para a seleção da Costa do Marfim, faleceu no seu país natal depois de batalhar contra um cancro no fígado.

"Toda a família da Atalanta está profundamente triste com o falecimento prematuro de Willy Braciano Ta Bi", escreveu o clube de Bergamo.

"Um destino cruel interrompeu prematuramente um sonho que tinha começado com a camisola 'Nerazzurri' em janeiro de 2019"

"Levou alguns meses para desempenhar um papel de liderança na 'Primavera' [ndr. Campeonato italiano de juvenis] e trazer o Scudetto de volta a Bergamo, mas, acima de tudo, para deixar uma grande memória de si mesmo. Adeus, Willy", lê-se na nota publicada no site do clube.

Ta Bi juntou-se à Atalanta oriundo do ASEC Mimosas em 2019 e ajudou o clube a ganhar o título italiano do Primavera Sub-19 no mesmo ano.

O extremo do Manchester United Amad Diallo prestou homenagem ao seu compatriota com o qual jogou na academia da Atalanta.

Diallo, de 18 anos, publicou uma fotografia dos dois juntos no Instagram, escrevendo: "Descansa em paz, irmão mais velho".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.