Assim, no Sporting, Carlos Carvalhal faz regressar Anderson Polga, que se junta a Daniel Carriço, e junta no meio-campo Adrien Silva e Pedro Mendes.

João Moutinho vai ocupar a posição 10 e na frente as despesas de ataque estão entregues a Pongolle e ao luso-brasileiro Liedson.

Já no Benfica, Jorge Jesus levou a cabo uma pequena revolução no onze encarnado, com cinco alterações face ao último 11 apresentado em Setúbal.

Assim, entraram na equipa titular dos encarnados o guarda-redes Júlio César, Ruben Amorim ocupa a lateral direita e depois de recuperar de lesão, César Peixoto volta a ocupar a posição de defesa-esquerdo.

Na frente, nova dupla de ataque, com os reforços de Inverno, Alan Kardec e Éder Luís a assumirem a responsabilidade de fazer os golos encarnados na noite de Alvalade.

Assim, no banco, a descansar, vai estar o tridente ofensivo do Benfica: Saviola, Cardozo e Pablo AImar.

Referência ainda para as bancadas de Alvalade, não muito preenchidas e que se espera que cheguem aos 35 mil espectadores.

Outra novidade, sobretudo neste tipo de jogos, vai para a ausência de qualquer tipo de incidentes a registar até ao momento.

Sporting
Rui Patrício
Adrien Silva
Pedro Mendes
Grimi
Polga
Izmailov
Pongolle
Liedson
João Pereira
Daniel Carriço
Moutinho

Benfica
Júlio César
Luisão
David Luiz
César Peixoto
Ramires
Kardec
Di Maria
Carlos Martins
Éder Luís
Javi Garcia
Ruben Amorim

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.