Sporting e FC Porto medem forças esta quarta-feira, para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal. A maior novidade dos ‘leões’ em relação à primeira mão, disputada no Dragão, é também o principal trunfo de Jorge Jesus para virar a eliminatória e levar o Sporting ao Jamor.

De acordo com o jornal O Jogo, o FC Porto tem melhores intérpretes em quase todas as ações do jogo, mas perde muito na finalização. E nesse sentido, é o avançado dos verdes e brancos quem ganha: é o melhor a rematar de cabeça em Portugal, o mais eficaz na relação remate/golo, aquele que mais facilmente consegue enquadrar um remate, e o que precisa de menos tempo para marcar.

No campeonato, Bas Dost foi responsável direto por 19 pontos conquistados pelo Sporting. Os golos decisivos de Aboubakar, por exemplo, valeram seis pontos aos ‘dragões’. Se alargarmos às ações dos três atacantes portistas – Aboubakar, Marega e Soares – contamos um total de 21 pontos, apenas mais dois que o holandês.

O FC Porto, de resto, tem o jogador que mais passes faz (Óliver Torres), o que mais e melhor cruza (Alex Telles), o que mais dribla (Brahimi), o que mais bolas recupera (Óliver Torres), o mais forte nos duelos individuais (Danilo, baixa para este jogo devido a lesão), e o que mais duelos aéreos ganha (Felipe). Mas perde para Bas Dost no capítulo da finalização e do remate.

Recorde-se que o encontro entre Sporting e FC Porto está marcado para as 20h30 desta quarta-feira. Bas Dost falhou o jogo da primeira mão e o último clássico entre as duas equipas para o campeonato, ambos no Dragão, que os 'leões' perderam.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.