Tendo em conta a prestação de Angola no jogo de terça-feira frente ao México, na terceira jornada do Campeonato do Mundo que decorre na Espanha, que culminou com a derrota dos angolanos por 53-79, o selecionador Paulo Macedo pediu desculpas ao país.

De acordo com o técnico, que assumiu a responsabilidade do deslize, num desafio ao alcance dos campeões africanos, a mensagem que passa antes de um jogo diante de um adversário superior é a mesma frente aos teoricamente inferiores.

“Vamos oscilando no nosso desempenho, fruto da inexperiência de alguns jogadores e pelo facto de não encararmos todos os encontros com a mesma responsabilidade. A maneira como jogamos com a Lituânia e Eslovénia deveria ser a mesma com a Coreia e México, por isso peço desculpas”, frisou o treinador na zona mista após derrota diante da Eslovénia (87-93).

Em quatro jogos, a seleção angolana averbou três derrotas e uma vitória. Quinta-feira defronta a Austrália, no encerramento da fase de grupos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.