A seleção cabo-verdiana de basquetebol está perto de
garantir a presença no próximo campeonato africano da modalidade. Em jogo da 4ª
jornada do torneio da Zona II, a formação crioula voltou a bater a Mauritânia,
agora por 112-56.

Com Marito de "mão quente" nos lançamentos longos
e uma melhoria na forma de defender após o intervalo, Cabo Verde chegou pela
primeira vez aos três dígitos. Coube a Betinho, com um triplo, marcar o
centésimo ponto.

"Susto" de Ivan e Brian ao "comando" 

Depois do desaire surpreendente na 3ª jornada frente ao
Mali, e de um dia de descanso, Cabo Verde encontrou na Mauritânia um adversário
ideal para sarar as feridas da derrota e rodar ainda mais os jogadores menos
utilizados. Com menos público nas bancadas do pavilhão Vavá Duarte, Cabo Verde
só "despertou" depois do intervalo.

Ainda no primeiro período, que Cabo Verde venceu por 26-15,
a formação cabo-verdiana apanhou um grande susto. Ivan Almeida, um dos melhores
jogadores de Cabo Verde, abandonou o campo amparado pela equipa médica, muito
queixoso.

Sem Ivan Almeida, coube a Brian Rudolph a condução do ataque
cabo-verdiano. O base nascido nos EUA esteve em destaque, tal como Rodrigo
Mascarenhas, mais influente no ataque. Ao intervalo Cabo Verde vencia por
51-32.

Triplos de Marito e Betinho para chegar a centena

No regresso dos balneários, Cabo Verde voltou com outro
ânimo e disposição. Corrigiu em parte a defesa que estava muito anárquica até
ao intervalo e teve o regresso de Ivan Almeida. Mas quem estava “endiabrado”
era mesmo Marito.

O veterano basquetebolista que joga em Angola esteve
imparável nos três pontos, convertendo quase todos os lançamentos de três
pontos. Betinho também esteve em destaque nesse particular, mostrando ser um
excelente lançador.

Com o passar do tempo e após as correções na forma de
defender, com defesa mais a zona, a
fasquia dos 100 pontos começou a ser uma realidade. O 3º período terminou com o
resultado de 89-41, com Cabo Verde a conseguir um parcial de 38-9.

No quarto período, Cabo Verde foi gerindo o resultado, com o
objetivo de chegar ao centésimo ponto, algo que viria acontecer, com um triplo
de Betinho. Uma vitória por 112-56 que não sofre contestação. Cabo Verde bateu
o recorde de pontos num jogo neste torneio, que estava na posse do Senegal.

Em caso de vitória esta sexta-feira frente ao Senegal, Cabo
Verde fica praticamente apurado para o Afrobasket´2013, uma vez que o Mali
perdeu frente ao Senegal nesta jornada. Os senegaleses já estão praticamente
apurados.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.