O ciclista alemão Tony Martin (Etixx-Quickstep) impôs-se esta terça-feira em solitário na quarta etapa da Volta a França, com final em Cambrai, vestindo a camisola amarela.

Depois de três dias a perder a camisola amarela por escassos segundos, Martin lançou um ataque fulminante nos três quilómetros finais dos 223,5 entre Seraing e Cambrai e cruzou isolado a linha de meta, com o tempo de 05:28.58 horas, três segundos à frente de John Degenkolb (Giant-Alpecin) e Peter Sagan (Tinkoff-Saxo).

A vitória na etapa permitiu ao alemão subir ao primeiro lugar da geral, por troca com Chris Froome (Sky), que agora é segundo a 12 segundos. Tejay Van Garderen (BMC) é terceiro, a 25 segundos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.