O ciclista australiano Michael Matthews (Orica-GreenEdge) foi hoje o mais rápido na quarta etapa da Volta à Suíça, com o holandês Tom Dumoulin (Giant-Alpecin) a manter o primeiro lugar de geral.

Dumoulin bem pode agradecer a Matthews por ainda manter a camisola de líder, uma vez que o australiano bateu ao ‘sprint’ o eslovaco Peter Sagan (Tinkoff-Saxo), que ao ser segundo na tirada, não chegou à liderança da prova suíça por apenas um segundo.

Atrás do ciclista da Orica-GreenEdge e de Sagan ficou Greg Van Avermaet (BMC), terceiro no final dos 193,2 quilómetros entre Flims e Schwarzenbach, com as mesmas 04:36.00 horas do vencedor.

André Cardoso (Cannondale-Garmin) foi o melhor luso, na 34.ª posição, a 25 segundos, enquanto Mário Costa (Lampre-Merida) foi 107.º, a 16.49 minutos.

Na geral, Dumoulin lidera com um segundo de vantagem sobre o eslovaco da Tinkoff-Saxo, com o espanhol Daniel Moreno (Katusha) na terceira posição, a nove segundos.

Cardoso subiu 11 lugares e está no 44.º lugar, a 12.14 minutos do holandês da Giant-Alpecin, e Costa é 114.º, a 39.58.

Na quarta-feira cumpre-se a quinta etapa da Volta à Suíça, uma ligação de 237,3 quilómetros entre Unterterzen/Flumserberg e Sölden/Rettenbachgletscher.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.