Jorge Braz regozijou-se pelo triunfo (2-1) desta madrugada perante a poderosa selecção russa no torneio Grand Prix, que reúne no Brasil algumas das melhores selecções de futsal do Mundo.

"Foi uma vitória saborosa e ainda mais por ver a capacidade que os jogadores tiveram de se manterem organizados e racionais durante todo o jogo e pela forma como souberam gerir os vários momentos da partida com a Rússia", afirmou o técnico de Portugal.

Em declarações citadas no site da FPF, Jorge Braz salientou a atitude colectiva e solidária dos jogadores, que só assim tornaram possível uma vitória sobre os russos. "A qualidade que apresentámos esta noite só é possível trabalhando muito, estando identificados com o que queremos e lutando por isso. Os jogadores lutaram muito e revelaram um espírito de equipa fantástico. É muito saboroso conseguir ganhar de uma forma organizada, numa partida onde identificámos muitos momentos de competência", frisou.

"Soubemos sofrer, mas de uma forma organizada. Além disso, os atletas mostraram uma grande vontade desde o primeiro segundo de jogo", acrescentou o seleccionador nacional dos vice-campeões europeus.

Depois das vitórias sobre a Guatemala (2-0) e a Rússia (2-1), Jorge Braz quer ainda mais crescimento da equipa das quinas esta noite, diante da selecção do Irão. "Vamos defrontar jogadores extremamente experientes, fortes fisicamente e muito bons no um-para-um. Queremos mostrar esta qualidade e, se possível, ainda crescer um pouco mais", rematou o seleccionador nacional de futsal.

Portugal e Irão medem forças esta terça-feira, a partir das 20h00 (23h00 em Portugal continental), em jogo da terceira jornada do Grupo D do torneio Grand Prix, no Brasil. 

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.