O Pavilhão Municipal da Luz de Tavira encheu-se para ver o encontro entre o Benfica, campeão nacional de futsal e vencedor da taça de Portugal, e o Sonâmbulos.

A equipa comandada por André Lima fez aquilo que lhe competia e ao cabo de dez minutos colocou-se em vantagem através de dois golos apontados por Joel Queirós e Gonçalo Aves.

O Sonâmbulos não se deixou intimidar e foi à procura do golo que acabou por surgir na segunda parte por João Mendonça, ao minuto 25.

O Benfica voltou a dilatar o marcador por intermédio do pivot César Paulo (29m). Mas dois minutos bastaram para João Mendonça voltar a marcar e a colocar o resultado em 3-2.

Pedro Costa acabou com todas as aspirações dos algarvios apontando o 4-2, resultado que se registou no final da partida.

Os Sonâmbulos foram adversário muito digno e dificultaram ao máximo a tarefa do Benfica. Destaque para o guarda-redes Miguel Iria que foi o grande responsável pelo facto de os encarnados não terem conseguido um resultado mais dilatado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.