O SL Benfica venceu a Oliveirense por 4-2, em jogo a contar para a 18ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, e garantiu praticamente o segundo lugar na tabela classificativa uma vez que FC Porto, campeão crónico dos últimos anos, já prepara a conquista do nono título seguido.

A Oliveirense entrou a todo o gás, e aos oito minutos de jogo já vencia por 2-0, com golos de Tó Silva, aos 23 segundos de jogo, e Ricardo Figueira, aos oito minutos.

A equipa de Luís Sénica, a jogar em casa, reagiu ao bom início da equipa visitante, empatando a partida, por intermédio de Diogo Rafael e Valter Neves, antes do intervalo.

No segundo tempo, quando tudo parecia apontar para o empate, João Rodrigues e Diogo Rafael marcaram os golos da vitória para os encarnados a sete minutos do apito final.

Num final de jogo agitado, o árbitro foi obrigado a mostrar o cartão azul ao guarda-redes do Benfica, Ricardo Silva, e ao jogador-treinador da Oliveirense, Tó Neves.,

O treinador da Oliveirense, Tó Neves, foi muito crítico com a arbitragem, considerando que as novas regras prejudicam as equipas e permitem aos árbitros “fazer o que querem”.

“Já esperávamos isto, esbarrámos na equipa com orçamento superior. Com isto, as novas regras deixam os árbitros fazer o que querem. As faltas para o Benfica ficaram-se pelas nove.”

Com este resultado, o SL Benfica ocupa a segunda posição do campeonato nacional de hóquei em patins com 39 pontos, a dez pontos do FC Porto (49), e mais quatro pontos que a Juventude de Viana (35), terceira classificada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.