Em declarações ao jornal o JOGO, Paulo Almeida explicou a sua saída: “Sempre soube sair nos momentos certos. Saí quando fui campeão do Mundo e agora, como vice-campeão no Viana, era o momento de deixar. Vou sentir falta de me equipar, do cheiro da cabine, mas há uma primeira vez para tudo. Saio com a sensação de ter deixado a minha marca”.

Ao que tudo indica, o hoquista irá agora ocupar um cargo na estrutura técnica do Benfica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.