A Evolution Championship Series, conhecida sobretudo como Evo, é um evento anual de eSports focado exclusivamente em jogos de combate. Inaugurado em 1996, os seus torneios são abertos, num formato de dupla eliminação. Nos seus 25 anos de história, atrai jogadores de todo o mundo nos vários espaços de Las Vegas Valley, onde são realizados desde 2005.

O futuro do Evo será fortemente favorecido com a sua aquisição pela Sony, num negócio em parceria com a RTS, uma empresa ligada aos eSports do grupo Endeavor. A Sony conta com o conhecimento da RTS para desenvolver a Evo, mergulhando assim de cabeça nos eSports, até porque os cofundadores Tom e Tony Cannon vão manter-se ligados como conselheiros, de forma a que o evento mantenha a sua missão para a comunidade de jogos de combate.

A parceria pretende ainda introduzir recursos e conhecimento para elevar a competição do Evo a um apelo global, assim como um maior alcance dos fãs em torno do evento icónico de gaming.

Quanto a planos futuros, o Evo vai regressar num formato online, devido à situação pandémica global. A competição realiza-se entre os dias 6 a 8 e 13 a 15 de agosto. As entradas serão gratuitas, sendo convidados os jogadores da América do Norte, Europa, Ásia e América Latina a participar nos torneios de Tekken 7, Street Fighter V: Champion Edition, Mortal Kombat 11 Ultimate e Guilty Gear, num formato aberto, sendo os qualificadores online transmitidos para os seus fãs.

“A nossa equipa coletiva está focada em apenas uma missão: preservar a autenticidade do Evo para a comunidade de jogos de combate, e ao mesmo tempo a encontrar formas criativas para tornar as transmissões mais divertidas, interativas e acessíveis do que nunca.

Uma das ausências é Super Smash Bros. Ultimate, que muitos apontam por ser um exclusivo da sua rival Nintendo. Mas na verdade o jogo já tinha ficado de fora na edição do ano passado, justificado pela sua má performance online. Edição que acabou por ser cancelada, depois da desistência da NetherRealm de Mortal Kombat e a Capcom de Street Fighter terem anunciado ficar de fora devido ao escândalo em torno das acusações de abuso sexual do organizador do evento, Joey Cueller.

A Nintendo já reagiu à aquisição, deixando aos organizadores desejo de felicidades aos seus organizadores, prometendo continuar a avaliar a Evo como palco de organização dos torneios de Super Smash Bros., fisicamente ou online.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.