São 32 equipas distribuídas por dois grupos de 16 que vão competir na primeira fase do RMR 2024 de Counter-Strike 2 da PGL. Alguns ajustes na organização relativos ao seeding acabaram por beneficiar a equipa portuguesa SAW que assumiu o #20, assim como outras equipas onde atuam portugueses, como a Movistar KOI de Just e Stadodo para #22 e a Into the Breach, formação britânica treinada por Gustavo “Juve” Alexandre.

O Grupo A é composto pela FaZe, Virtus.pro, NAVI, G2, Eternal Fire, AMKAL, BetBoom, 3DMAX, 9Pandas, SAW, Movistar KOI, Into the Reach, NIP (Ninjas in Pyjamas), ex-ThunderFlash, fnatic e Falcons. Já o grupo B estão listadas a Vitality, MOUZ, Spirit, Monte, Cloud9, Apeks, Astralis, Preasy, GamerLegion, Guild Eagles, ENCE, ECSTATIC, PERA, OG, Nexus e Heroic.

As partidas iniciais são jogadas entre os dias 14 a 17 de fevereiro em Bucareste. As equipas procuram três vitórias em formato suíço para passar à fase seguinte do Major em Copenhaga. As partidas decisivas nos dias 23 e 24 requerem dois triunfos. Na partida inaugural, a SAW vai jogar contra a Virtus.pro.

As equipas de cada grupo vão combater para ficar entre os oito primeiros para se apurarem para o Major de Copenhaga, que decorre entre os dias 17 a 31 de março. Este torneio tem um prize pool de 1.250.000 dólares. Entre as seis equipas que conquistarem duas vitórias em três jogos vão poder disputar uma fase de qualificação adicional e terão uma vaga final de participação, avança o RTP Arena.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.