Boas notícias para os fãs portugueses de Valorant: a Riot anunciou oficialmente que o próximo mapa oficial vai inspirar-se em Portugal, nomeadamente os elementos icónicos das cidades de Lisboa e Porto. O mapa competitivo, chamado Pearl, em termos de história, baseia-se numa cidade que devido a problemas ambientais, acaba por se tornar numa espécie de Atlântida, uma redoma debaixo do mar.

A sua história não impede de misturar o design tecnológico típico do universo Valorant, com os traços característicos das cidades portuguesas, incluindo elementos como o azulejo português, as construções tradicionais da baixa do Porto e Lisboa, as ruas apertadas, os elétricos, as fitas dos arraiais, como no Santo António e São João, entre outros elementos.

O VALORANT continua em grande crescimento contando com 14 milhões de jogadores mensais. Por outro lado, Lisboa é considerada uma galeria urbana, repleta de grafitis pelas ruas e prédios da cidade, geridos por um gabinete governamental que trata dos assuntos artísticos.

Veja as imagens do mapa na galeria:

Segundo Brian Yam, art lead conceptual da Riot Games, a inspiração de Pearl começou num antigo conceito temático subaquático, combinado com um pitch mais recente de uma cidade capital inundada devido às mudanças climatéricas. O estúdio colocou esses conceitos em Portugal, pelo seu potencial visual histórico e arquitetónico.

Para promover o mapa em Portugal, é referido que ninguém tinha juntado a arte urbana com a arte do videojogo. E por isso, Lisboa vai ter diversos painéis espalhados pela cidade a promover o mapa, vai haver um evento no Rock in Rio e ainda um hub no Cais do Sodré. Neste caso vão ser colocadas caixas de Radianite, um elemento reconhecível do jogo. Também vai ter um Spike funcional, com quase 80 cm de altura, que vai mostrar um pouco do mapa do jogo, prometendo não deixar ninguém indiferente.

No Rock in Rio, a ativação consiste num labirinto de 40 metros quadrados e os participantes recebem um telemóvel com um briefing para o desafio. Há prémios a distribuir pelas pessoas mais rápidas, incluindo uma estátua do jogo, avaliada em 200 euros, ao vencedor de cada dia e ainda mil bandanas dedicadas a Valorant. O espaço contará ainda com duas cosplayers conhecidas, vestidas a rigor de personagens do Valorant. De realçar que a ativação do Valorant é a única do Rock in Rio inteiramente dedicada e independente dos espaços de gaming.

Ainda relativamente aos sete murais, dois deles estão diretamente ligados ao próprio mapa do jogo, ou seja, vão ser pintados no mundo real e em Valorant, pelos conhecidos artistas Kruella D’enfer e AKA Corleone. Os cinco outros grafitis serão dedicados aos agentes protagonistas do universo Valorant e ficaram a cargo de Marcelo Lamarca, Jorge Charrua, Manoel Quitério, Marita e LS.

O mapa Pearl destaca-se ainda por conter trechos musicais de fado baseados em artistas portugueses. O mapa estará disponível no dia 22 de junho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.