Os angolanos Pedro Cavanda (Lazio) e Jonatham Buatú (Fulham) destacam-se entre os futebolistas que aguardam por contacto da FAF para representarem a seleção do seu país.

A informação foi prestada hoje à Angop, em Luanda, por Didier Menga, representante da “Fabristar”, empresa cujo objetivo é descobrir desportistas angolanos no estrangeiro.

O agente desportivo, que irá abordar com o órgão reitor do futebol nacional a possibilidade de convocatória destes atletas, citou ainda os disponíveis Dolly Menga (Lierse, da Bélgica) e Igor Vetokele (Copenhaga, da Dinamarca).

Explicou que vários outros futebolistas angolanos a jogarem em equipas europeias estão interessados em representar os Palancas Negras, porém, aguardam por um contacto da FAF.

«Temos muito talento espalhado pelo mundo, alguns nos principais campeonatos europeus, e não podemos nos dar ao luxo de desperdiça-los. A nossa seleção precisa destes jogadores para dar “passos” em África e não só», sublinhou, acrescentando que os atletas estão localizados e que falta iniciativa da federação.

Didier Menga informou que estão identificados cerca de 100 futebolistas angolanos no exterior.

A Fabristar é uma empresa de direito angolano com representantes na Europa, África e América do Sul.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.