Três campeonatos ingleses, três supertaças de Inglaterra e 243 golos depois, Dimitar Berbatov anunciou esta quinta-feira o final da sua carreira como jogador.

O búlgaro, considerado por sete vezes o melhor jogador do seu país, já não entrava em campo há mais de um ano e estava sem clube desde o final da época 2017/2018 quando saiu do Kerala Blasters, clube indiano.

Com passagens pelo Bayer Leverkusen, Tottenham, Manchester United e Mónaco, Berbatov pendura as chuteiras mas admite que as saudades vão ser muitas.

“Eu vou ter saudades! Vou ter saudades, c******! De tudo! Dos jogos, dos treinos, dos golos, das preparações, da pressão, dos meus colegas, dos gritos dos fans quando marcava outro golaço...”, admitiu o agora ex-jogador.

Numa publicação no seu facebook, o antigo goleador do Manchester United colocou um ponto final na sua carreira de quase 20 anos em campo, terminando com um agradecimento a todos os que o acompanharam no trajeto.

“Obrigado a todas as pessoas que me ajudaram a evoluir e a tornar-me no jogador que sempre quis ser! Obrigado a todos as minhas antigas equipas, colegas de equipa, treinadores e staff! Foi um prazer! Sei que por vezes não foi fácil trabalhar comigo, mas eu dei sempre tudo pelas equipas onde joguei!”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.