Em declarações à Europa Press Televison, Emilio Butragueño explicou que hoje “se cumprem 49 dias desde que se lesionou” e que neste momento “é preciso esperar para ver como evolui”.

“É um jogador com caratcteristicas muito especiais, muito rápido, muito especial, que decide partidas. Espero que regresse em breve, mas não se deve precipitar a sua volta porque pode ser contraproducente”, sublinhou.

O dirigente madrileno explicou também que “Ronaldo sente alguma ansiedade para voltar e quer por querer demonstrar que é um bom jogador”.
Cristiano Ronaldo lesionou-se no tornozelo direito a no final de Setembro, no jogo com o Marselha, para a Liga dos Campeões, depois de uma entrada muito dura de Diwara. O problema agravou-se a 10 de Outubro, no jo de Portugal com a Hungria, no Estádio da Luz e desde aí que o jogador não mais competiu.

Ronaldo ainda esteve em Lisboa, na semana passada, para ser visto pelos médicos da Federção Portuguesa de Futebol, que o deram como inapto para a competição, tendo o craque falhado os dois jogos do “play-off” com a Bósnia

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.