A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) disponibilizou a Casa dos Atletas, na Cidade do Futebol, ao ministério da Saúde, para funcionar como unidade de retaguarda para doentes que necessitem de internamento e vigilância médica, anunciou hoje o organismo.

Em comunicado, a FPF refere que as instalações foram cedidas por um período de oito semanas, “como forma de aliviar a ocupação das enfermarias dos hospitais”.

Além de ceder as instalações, a FPF será responsável pela “prestação dos serviços de alimentação e limpeza necessários à boa utilização do espaço”, ficando a “coordenação clínica e operacional totalmente a cargo da ARS de Lisboa e Vale do Tejo”.

Devido à pandemia de covid-19, as estruturas do Serviço Nacional de Saúde (SNS) estão a ficar sobrelotadas, tendo já sido suspensas as atividades não urgentes e as cirurgias programadas de prioridade normal ou prioritária, desde que não implique risco para os doentes.

Portugal continental entrou hoje num novo confinamento geral, devido ao agravamento da pandemia de covid-19, com os portugueses sujeitos ao dever de recolhimento domiciliário, mas mantendo as escolas com o ensino presencial.

*Artigo atualizado

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.