Os clubes dos cinco principais campeonatos europeus de futebol gastaram 570 milhões de euros (ME) em janeiro, durante o período de reabertura do mercado de transferências, anunciou hoje a FIFA.

De acordo com o organismo regulador do futebol mundial, o valor despendido por clubes das ligas alemã, espanhola, francesa, inglesa e italiana representa 59,1% do total das transferências realizadas entre 01 e 31 de janeiro de 2019, que ascendeu a 967 ME, um aumento de 6,4% relativamente ao ano passado.

Os ingleses foram os mais gastadores, com um total de 157,9 ME, valor que, no entanto, representa uma redução de 65% relativamente ao ‘mercado de inverno’ anterior, durante o qual as equipas daquele país estabeleceram um novo recorde.

A Itália ocupa o segundo lugar da lista, com 128,2 ME (+459%), à frente da Alemanha, com 99,7 ME (+56,7%), Espanha, com 99,2 ME (-70,1%) e França, com 84,5 ME (+104,6%).

No total, 162 das 211 federações nacionais que integram a FIFA promoveram a reabertura do mercado de transferências durante o mês de janeiro, entre as quais a portuguesa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.