Ao cabo de 26 jornadas, os azuis-e-brancos continuam imbatíveis no campeonato. Durante este, já longo, percurso, apenas V. Guimarães e Sporting conseguiram «roubar» pontos ao já campeão nacional fruto de dois empates.

Esse facto não tira o sono ao treinador do FC Porto, André Villas-Boas, nem o faz pensar em «sentimento de vingança», porém sempre vai dizendo que noutras condições e sem a expulsão de Maicon no encontro da primeira volta, os “dragões” teriam saído de Alvalade com uma vitória.

«Fizémos um belíssimo jogo em Alvalade, com a nossa identidade, tivemos lances muito bons. Mas depois (após a expulsão) resistimos e não deixámos de ter grandes oportunidades. Com onze jogadores teríamos ganho», referiu o técnico.

Já neste jogo com o Sporting, André Villas-Boas diz querer apenas manter a sua equipa na senda dos bons resultados: «Não há sentimento de vingança. Queremos seguir o nosso percurso nesta segunda volta magnífica, independentemente do objectivo da invencibilidade».

Se por um lado o técnico procura tirar a pressão de cima dos seus jogadores, por outro sempre revela que vencer o Sporting, um clube grande, é sempre bom: «A motivação está inerente ao clássico, há muita vontade de ganhar ao Sporting».

Relativamente ao adversário, o treinador refere que o clube de Alvalade é uma «equipa competente» e que «tem individualidades do conhecimento de todos».

O jogo FC Porto – Sporting, referente à 27ª jornada da primeira Liga de futebol, está marcado para este domingo, a partir das 20h15.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.