A seleção portuguesa de futebol procura hoje abrir caminho para a sétima presença consecutiva em fases finais das mais importantes provas internacionais, no “play-off” do Euro2012, em Zenica, frente à bem conhecida Bósnia-Herzegovina.

O conjunto do Leste Europeu foi o último obstáculo luso rumo ao Mundial2010 da África do Sul, quando os pupilos de Carlos Queiroz triunfaram 1-0 nos dois jogos: Paulo Bento quer ter igual êxito, com a certeza que, desta vez, os lusos decidem a eliminatória em Lisboa.

Portugal poderá jogar sob protesto, uma vez que questiona as muito deficientes condições do relvado do estádio de Zenica.

Em relação há dois anos, a equipa das Quinas recupera o “capitão” Cristiano Ronaldo – na altura lesionado – e, comparando com o ultimo jogo de apuramento na fase de grupos, Paulo Bento regozija-se com os regressos dos influentes Pepe, Fábio Coentrão e Hugo Almeida.

O inglês Howard Webb foi o escolhido pela UEFA para dirigir o encontro entre Portugal e Bósnia-Herzegovina que se disputa às 19:00 horas de Lisboa.

O jogo decisivo frente ao segundo classificado do Grupo D, a um escasso ponto da França, e que tem o avançado do Manchester City Edin Dzeko como principal referência, disputa-se terça-feira no Estádio da Luz, em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.