O presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Feizal Sidat, foi diagnosticado positivo para a covid-19, após uma missão de trabalho na província de Cabo Delgado, no norte do país, anunciou hoje a instituição em comunicado.

"No seu regresso à Cidade de Maputo, no dia 23, Feizal Sidat sentiu-se mal e, do aeroporto, dirigiu-se para uma clínica onde foi submetido ao teste, tendo sido imediatamente internado devido ao surgimento dos primeiros sintomas", refere o comunicado da FMF.

O resultado positivo para a covid-19 foi conhecido hoje, mas Feizal Sidat já estava sob cuidados médicos e em "total isolamento", segundo o comunicado da FMF, que pede ainda a todos que estiveram em contacto com Sidat que se mantenham vigilantes e tomem as devidas precauções, caso apresentem sintomas da doença.

Desde o anúncio do primeiro caso de covid-19, em 22 de março, Moçambique registou um total de 3.651 casos positivos, 21 mortes e 1.968 pessoas dadas como recuperadas, segundo a última atualização.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.