"Fiquei muito abalado. Entrei em campo com a cabeça limpa para poder ajudar o Real Madrid, embora às vezes as imagens vinham-me à memória", afirmou Cristiano Ronaldo ao Canal Plus, referindo-se ao jogo de domingo frente ao Villarreal, que os merengues venceram por 6-2.

Nesse encontro, o internacional português, nascido no Funchal, mostrou uma t-shirt onde se lia "Madeira", após ter marcado o primeiro golo do Real Madrid.

"Foi uma coisa simples, que partiu dos meus sentimentos. Foi um acto lindo dedicar o golo porque foi lá onde aprendi a jogar e onde tenho os amigos da minha infância", disse Ronaldo.

O extremo luso acrescentou que nenhum dos seus familiares está entre as vítimas e que está a trabalhar para ajudar os desabrigados.

O temporal que assolou a ilha da Madeira no sábado causou a morte a pelo menos 42 pessoas, segundo as contas do governo regional.

No entanto, as autoridades admitem que o número de mortos possa aumentar, já que existem 32 pessoas desaparecidas.

O Governo decretou um luto nacional pelas vítimas da Madeira e na próxima quarta feira o Presidente da República desloca-se à ilha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.