O presidente da Federação Croata de Futebol (HNS), Davor Suker, foi hoje afastado do cargo que ocupava desde 2012, e será substituído por Marijan Kustic, o único candidato à liderança do organismo.

"Estou feliz por ter participado nos maiores sucessos do futebol croata, tanto como jogador, mas também como presidente da HNS", reagiu o antigo avançado, de 53 anos, no final da eleição do até agora diretor executivo.

Apesar de não terem sido divulgadas as razões da saída de Suker, a imprensa croata especula que possa estar relacionada com a falta de capacidade de resposta para os problemas que o futebol croata enfrenta atualmente.

Davor Suker, autor de 46 golos em 71 jogos pela Croácia, foi um dos grandes artilheiros da história do futebol daquele país dos balcãs, levando a seleção às meias-finais do Campeonato do Mundo de 1998.

Sob a sua presidência, a Croácia chegou à final da Mundial de 2018, tendo sido derrotada pela França. No Euro2020, em junho passado, acabou eliminada nos oitavos de final, diante da Espanha, fase na qual também já tinha sido afastada no anterior Europeu, em 2016, aos 'pés' de Portugal, que viria a sagrar-se campeão pela primeira vez.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto