O internacional holandês da Juventus, Matthijs De Ligt, lamentou alguns rumores que surgir sobre a sua família enquanto estava ao serviço do Ajax. O defesa central de 19 anos foi apresentado na passada sexta-feira como reforço da Juventus.

Ao Voetbal International, o central que irá envergar a camisola com o número 4 da Juventus, recordou alguns artigos que leu enquanto jogava no clube holandês.

"Saíam coisas todos os dias, algo novo a cada dia. Chegou a sair uma notícia de um clube que não me ia comprar porque o meu pai era demasiado gordo e eu teria a mesma tendência", contou o jovem jogador.

Quanto à decisão de ir para Turim, De Ligt garantiu que não teve a ver com salário. "O dinheiro nunca foi importante para a minha escolha, quem me conhece sabe que o dinheiro não me leva de um lado ao outro. Todos têm a sua opinião e respeito-a, mas algumas coisas, na verdade, foram ditas de forma superficial", admitiu.

O internacional holandês chega à Juventus por 85,5 milhões de euros (75 pelo passe, mais 10,5 em comissões e variáveis), depois de capitanear o Ajax na temporada passada.

Para superar a concorrência de clubes como o FC Barcelona e Paris Saint-Germain, a Juventus ofereceu à De Ligt um contrato de cerca de 12 milhões de euros por ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.