No programa "FC Porto em casa", Domingos Paciência recordou um almoço da equipa do FC Porto e como acabou por passar uma vergonha diante da equipa técnica da altura.

"Um almoço com o plantel e equipa técnica. Eu era um miúdo e o empregado de mesa perguntou o que bebíamos. O João Pinto pediu vinho. E eu pedi Coca-Cola. E o João Pinto disse que eu também bebia vinho. E eu disse que não. E ele que sim. Até que percebi.", comentou, explicando.

"Cada jogador só podia beber um copo. Ora, como eu eu não bebia o meu, alguém bebia dois. E os treinadores, o Otávio, o Artur Jorge ali a olharem para mim , um miúdo, com o vinho...",contou, antes de Maniche atirar.

"Isso não passou de moda. Jorge Costa fez o mesmo com o Paulo Ferreira".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.