Fábio Paim, de 27 anos, agora ao serviço do Nevezis da Lituânia, refutou a acusação de violação avançada esta terça-feira por vários órgãos de comunicação social e assegurou que não foi detido pela polícia.

"Fui apanhado de surpresa com essa notícia. As coisas estão a correr-me muito bem aqui, mas acho que as pessoas não ficam felizes com o meu sucesso", disse o atleta à Rádio Renascença.

Paim desmentiu as notícias veiculadas pelo site Delfi, de que teria sido acusado de violação e posterior detenção.

"Vinha nos jornais que tinha sido detido, mas se isso tivesse acontecido não estaria agora a falar. É uma falta de respeito. Não aconteceu nada, nem sei o que se está a passar, mas se for chamado à polícia irei", frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.