Fernando Santos não escondia a alegria por ter conduzido Portugal à final do Euro2016. O selecionador luso disse na zona de entrevistas rápidas que agora é preciso vencer no dia 11 em Paris.

"Quando jogamos em Saint Dennis há dois anos, no primeiro jogo à frente da seleção, assumimos um compromisso que foi hoje cumprido. Criamos um grupo forte, unido. Tenho a convicção que muito dificilmente alguém ganha a Portugal, não é fácil. Mas também sabemos que não somos os melhores do mundo mas com este espírito, a jogar assim, tudo é possível. Graças a Deus conseguimos, estamos na final. Agora é para ganhar porque as finais não se jogam, ganham-se", atirou.

O País de Gales não conseguiu criar nenhuma situação de golo dentro da área portuguesa. Fernando Santos justificou este facto com a organização defensiva lusa.

"Os jogadores conseguem levar para o campo o que trabalhamos. Mas se não houvesse essa união, essa confiança, seria muito mais difícil. Tenho imensa confiança neles e eles em mim", disse Santos, que não quer saber do adversário da final.

"Agora não é o momento, que venha a final", atirou, ele que não confirmou se Pepe estará apto para a final.

Portugal venceu o País de Gales por 2-0 e está na final do Euro2016.

No domingo, pelas 21h00 locais (20h00 em Lisboa), Portugal vai encontrar no Stade de France, em Saint-Denis, o vencedor do embate entre a anfitriã França e a detentora do título mundial Alemanha, que se defrontam na quinta-feira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.