Luís Figo, antigo internacional português, desmentiu nas redes sociais que tivesse proferido declarações em que criticava Fernando Santos por ter deixado Cristiano Ronaldo no banco.

O antigo jogador reitera que as declarações veiculadas pelo jornalista colombiano Samuel Vargas são falsas.

"Caro Samuel Vargas, queres ser conhecido publicando declarações que não proferi? Se quiseres saber a minha opinião tens de me perguntar. Não te conheço de lado nenhum, por isso não inventes. Protagonistas são os que fazem a diferença", escreveu Luís Figo.

Estas tinha sido as declarações alegadamente proferidas pelo ex-jogador:  "Não se pode ganhar um Mundial com Cristiano Ronaldo no banco. Ganhar à Suíça? Excelente. Mas é pode-se fazer isso em todos os jogos? Não. Deixar CR7 no banco foi um erro, esta derrota [com Marrocos, 0-1] é responsabilidade do selecionador."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.