“Estou muito feliz por ganhar um jogo muito difícil e por ter tido a oportunidade de marcar. É sempre um facto muito meritório. É muito importante ter a confiança do treinador, porque isso permite estar mais à-vontade e fazer as coisas melhor dentro de campo. Felizmente ele tem-me apoiado”, disse James, em zona mista após o desafio.

Depois da adaptação ao futebol europeu, James Rodríguez quer continuar a marcar com a camisola azul e branca.

“A decisão sobre se vou ou não ser titular é do treinador, mas eu quero trabalhar bem e afirma-se. Depois ele terá a última palavra. Não quero saber de sair. Só penso no FC Porto”, explicou.

O FC Porto venceu, esta quarta-feira, o CSKA Sófia por 3-1, com golos de Otamendi, Rúben Micael e James, em jogo de fecho do Grupo L da Liga Europa, e já lá vão 35 jogos consecutivos sem perder.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.