O ciclista português João Almeida (Deceuninck-QuickStep) considerou hoje que o terceiro lugar na Volta aos Emirados Árabes Unidos, o seu primeiro pódio no World Tour, lhe dá motivação para a temporada.

Terminar em terceiro uma corrida deste calibre é um resultado motivador, que eu vou levar para as minhas corridas em março”, disse o português, citado no site da sua equipa.

Para o jovem das Caldas da Rainha, “começar a época com o pé direito é sempre bom, algo que qualquer ciclista deseja”.

“Estou muito satisfeito com o resultado e com a corrida que fizemos: duas vitórias em etapas e três homens no top-10 é fantástico. Uma grande prestação desta equipa incrível, à qual estou muito agradecido por toda a ajuda e trabalho”, referiu.

Almeida, de 22 anos, concluiu a prova a 1.02 minutos do vencedor, o eslovaco Tadej Pogacar (UAE-Emirates), com o britânico Adam Yates (Ineos) a ser segundo, a 35 segundos do campeão da última Volta a França.

A sétima etapa, de 165 quilómetros, entre Deira Island e Abu Dhabi, foi ganha ao sprint pelo australiano Caleb Ewan (Lotto Soudal), em 3:18.29 horas, à frente do irlandês Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep) e do alemão Phil Bauhaus (Bahrain-Victorious).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.