O vencedor do prémio Puskas de Melhor Golo de 2021 foi para Eric Lamela, na cerimónia dos prémios The Best, entregues esta segunda-feira.

Mehdi Taremni, do FC Porto, era um dos três finalistas mas foi o argentino quem ficou com o prémio. Lamela, que está agora no Sevilha, marcou 'de letra' ao serviço do Tottenham diante do Arsenal.

O golo do avançado internacional iraniano foi apontado na vitória sobre o Chelsea (1-0), na segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, com Taremi a fazer, de pontapé de bicicleta, aos 90+4 minutos, o único golo do encontro.

O checo Patrick Shick, com um golo do meio-campo à Escócia, era o outro finalista.

Na lista alargada figurava outro jogador do FC Porto, o colombiano Luis Díaz, com um tento apontado ao serviço da seleção da Colômbia ao Brasil, na última Copa América, mas este não integra os finalistas.

A primeira edição do galardão premiou o português Cristiano Ronaldo, então na sua primeira passagem pelo Manchester United, com um golo frente aos ‘dragões’, e o mais recente vencedor foi o sul-coreano Son, do Tottenham.

O melhor golo foi escolhido da votação de um painel da FIFA de especialistas e antigos jogadores e de adeptos de todo o mundo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.