Os 'leões' deslocaram-se à Amoreira para vencerem a equipa da Linha por 2-0. Bryan Ruiz e Bas Dost marcaram os dois golos, na vitória do Sporting sobre o Estoril.

Os 'verdes e brancos' tiveram várias oportunidades, mas acabaram por ser os dois únicos remates à baliza do clube 'leonino' a fazer a diferença.

Jorge Jesus confiou em Palhinha para fazer de Adrien neste jogo, que também marcou o regresso de Jefferson ao Estádio António Coimbra da Mota, onde representou o clube da Linha, entre 2011 e 2013.

O Sporting apresentou-se com a tática habitual, um 4-4-2, com Alan Ruiz a ser o apoio de Bas Dost. Já o meio-campo apresentou-se reforçado, visto que Palhinha tem características mais defensivas do que Adrien.

O jogo começou de forma muito equilibrada, com as duas equipas a procurarem o seu espaço no jogo. E foi o Sporting a encontrar esse espaço, ao inaugurar o marcador.

Aos 22 minutos, Alan Ruiz arranca pela direita e mete a bola para a área. Schelotto falha o remate e acaba por ser Bryan Ruiz a desviar a bola para dentro da a baliza defendida por Luís Ribeiro, fazendo o primeiro dos 'verdes e brancos'.

Depois do golo do Sporting, o jogo continuou sem grandes oportunidades. O Estoril, que tentava reagir ao tento sofrido, teve o primeiro remate enquadrado com a baliza aos 34 minutos. Matheus Índio surge à entrada da área e remata com força, com Rui Patrício a encaixar com segurança.

Aos 38 minutos, Bas Dost teve uma grande oportunidade, mas não conseguiu fazer melhor. Gelson Martins surgiu na esquerda e deixou a bola para o avançado holandês que se esforça, mas remata por cima da baliza estorilista.

E o melhor marcador da Liga voltou a falhar de forma incrível aos 56 minutos de jogo. Depois de mais um cruzamento de Gelson Martins, Bas Dost rematou sozinho mas a bola saiu ao lado.

E aos 70 minutos, mais uma perdida para o Sporting. Gelson Martins surge em posição privilegiada e, perante a saída do guarda-redes, atira ao lado da baliza.

Só aos 80 minutos é que Jorge Jesus mexeu na sua equipa pela primeira vez, tirando Alan Ruiz e colocando Bruno César. Um jogo esforçado do avançado argentino.

Aos 85 minutos, penálti para o Sporting. Diakhité carrega Bas Dost na área e o árbitro marcou grande penalidade. O avançado holandês assumiu a marcação e não perdoou, fazendo o 18º golo no campeonato.

Com este resultado, o Sporting mantém o terceiro lugar e encurta a distância do FC Porto para seis pontos, que vai jogar domingo com o Boavista.

Já o Estoril continua na 15ª posição da tabela classificativa da Iª Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.