“Estou tranquilo com as minhas acções e com a minha consciência”, sublinha o comunicado de Luís Figo, enviado à agência Lusa.

Segundo o jornal Correio da Manhã, “o ex futebolista Luís Figo recebeu 750 mil euros da PT pouco tempo depois de acertar a sua participação na campanha eleitoral de José Sócrates".

O mesmo jornal adianta que o “pivô” da operação foi o administrador da PT Rui Pedro Soares.

No mesmo comunicado, Luís Figo recorda que há um processo-crime em curso, que iniciou no ano passado, contra o Correio da Manhã.

Esse processo “irá provar que tudo quanto este jornal tem afirmado se destina exclusivamente a difamar-me, com propósitos que desconheço”, salienta o ex internacional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.