O antigo futebolista Maniche assegurou esta terça-feira ter cumprido "todas as obrigações" na parceria com o clube madeirense AD Camacha, que foi despromovido do Campeonato de Portugal, e considerou "inverdades" as palavras proferidas pelo presidente Celso Almeida.

Um dia após Celso Almeida ter acusado o ex-internacional português de "incumprimento contratual", num percurso de "grande instabilidade e ausência", que "prejudicou o desempenho desportivo", culminando com com uma "inédita" descida de divisão", Maniche respondeu em comunicado.

"Foi assumido entre as partes um compromisso com direitos e obrigações, sendo que, da minha parte, foram cumpridas todas as obrigações contratuais a que estava vinculado. Em específico, quero esclarecer, sobretudo, que paguei todo o investimento a que me propus, por contrato, e desafio aquele senhor a provar o contrário", revelou.

Maniche chegou mesmo a dizer que foi até "além das obrigações contratuais" e apelida o discurso de Celso Almeida como uma "desesperada manobra de diversão", feita para que a "culpa não morra solteira".

Ficou também confirmado o fim da relação com a AD Camacha e chama a atenção por todas as "inverdades" ditas pelo presidente do emblema insular.

"Não posso deixar de lamentar a forma indecente como o presidente cessante da direção da AD. Camacha se dirigiu à minha pessoa, pelas inverdades que produziu. Não estão reunidas as condições para manter qualquer relação com a AD Camacha, bem como que tratarei de, em sede própria, chamar à responsabilidade quem me difamou e me imputou todas aquelas inverdades", referiu.

Maniche referiu ainda que Celso Almeida "provocou instabilidade interna", quando informou a meio da época que ia "abandonar o clube sem aviso prévio" e, sobre a descida de divisão, responde: "Quando ganhamos, ganhamos todos e quando perdemos, perdemos todos".

A concluir, deixou ainda uma palavra de incentivo e apoio dirigida aos apoiantes do clube: "Aos sócios e simpatizantes da AD Camacha, clube que sempre respeitei e respeitarei, para dizer que tenho a certeza que, muito em breve, voltarão a ter o sucesso desportivo que desejam e que estarão sempre no meu coração."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.