A UEFA decretou um minuto de silêncio antes dos jogos da Liga dos Campeões de futebol, marcados para hoje e quarta-feira, e da Liga Europa, na quinta-feira, em homenagem a Diego Armando Maradona, que morreu hoje.

Maradona, considerado um dos melhores futebolistas da história, morreu hoje na sua residência, na Argentina, aos 60 anos, anunciou o seu agente e amigo Matías Morla.

Segundo a imprensa argentina, Maradona, que treinava os argentinos do Gimnasia y Esgrima, sofreu uma paragem cardíaca na sua vivenda na província de Buenos Aires.

A sua carreira de futebolista, de 1976 a 2001, ficou marcada pela conquista, pela Argentina, do Mundial de 1986, no México, e os dois títulos italianos e a Taça UEFA arrebatada ao serviço dos italianos do Nápoles.

O minuto de silêncio será observado em todos os jogos, nos quais se inclui o embate entre Marselha, de André Villas-Boas, com o FC Porto, para a Liga dos Campeões, assim como na receção do Sporting de Braga aos ingleses do Leicester e a visita do Benfica aos escoceses do Rangers, ambos para a Liga Europa.

Acompanhe o Especial do Adeus a Maradona no SAPO Desporto

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.