As equipas de resgate espanholas encontraram, esta madrugada, sem vida a criança que caiu num poço em Totalán, Málaga, há treze dias. De acordo com a agência Efe, Julen foi encontrado morto pelas equipas de resgate ao início da madrugada, às 01:25 (00:25 em Lisboa). A criança estava presa num túnel de 25 centímetros de diâmetro e 107 metros de profundidade.

As características do terreno, de extrema dureza, dificultaram o trabalho de perfuração de um túnel vertical de 60 metros paralelo àquele em que a criança caiu, o que atrasou a entrada em ação desta brigada mineira para escavar a galeria de acesso ao local.

Assim que se soube da notícia, o mundo do desporto uniu-se nas homenagens à criança de dois anos. De Iker Casillas a Sergio Ramos, vários futebolistas mas também clubes expressaram a sua solidariedade, enviando mensagens de condolências à família do pequeno Julen.

A criança, de dois anos, caiu no dia 13 de janeiro num poço junto à necrópole da Tumba Del Moro, local turístico em Málaga, na região da Andaluzia.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.