Cristiano Ronaldo vai ser obrigado a entregar amostras de ADN à polícia de Las Vegas, no caso da alegada violação a Kathryn Mayorga.

É o site TMZSports que avança com a notícia. A referida fonte menciona que o craque português está disposto a colaborar com as autoridades, de acordo com fontes próximas do jogador.

Ronaldo foi informado sobre este pedido na semana passada. Esta pedido é comum em casos de violação.

Recorde-se que Ronaldo é acusado de ter forçado Kathryn Mayorga a praticar sexo anal num quarto de hotel em Las Vegas, em 2009. O jogador português reclama inocência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.