O presidente da UEFA, o esloveno Aleksander Ceferin, identificou a Cidade do Futebol, que cumpre hoje o quinto aniversário, como catalisador do sucesso português, num artigo publicado na revista da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

“O futebol português, no relvado e fora dele, é sinónimo de paixão e qualidade – e a Cidade do Futebol foi um inegável catalisador durante os últimos cinco inesquecíveis anos. Desejo à FPF, ao seu presidente Fernando Gomes, e à comunidade futebolística portuguesa a continuação do sucesso e a concretização dos seus objetivos nos anos vindouros”, escreveu Ceferin, na 360.

Hoje, 31 de março, cumprem-se o 107.º aniversário da FPF e o quinto da infraestrutura localizada em Oeiras, tendo o esloveno enaltecido as qualidades do “país de beleza”, com “comida deliciosa e excelentes vinhos, praias magníficas, vilas e cidades históricas e encantadoras”, e da população, mas, sobretudo no futebol.

“Portugal é também um país de futebol. Ao longo dos anos, os amantes deste desporto entusiasmaram-se com a descoberta das excelentes equipas e dos jogadores talentosos que deixaram uma marca indelével na paisagem futebolística mundial e europeia. O futebol é ‘rei’ em Portugal – e, nos anos mais recentes, a UEFA desempenhou um papel importante no período de ouro do sucesso português”, reivindicou.

No artigo, Ceferin recordou que a construção da Cidade do Futebol, que acolhe também a sede federativa, foi apoiada pela UEFA, através do programa HatTrick, realçando que este espaço “é o símbolo marcante do período de sucesso na história já de si rica do futebol do país”.

“E desde 2016 que os resultados falam por si”, frisou o presidente da UEFA, recordando as conquistas do Campeonato da Europa de 2016, em França, da Liga das Nações de 2019, em Portugal, e dos títulos europeus de sub-17, em 2016, e sub-19, em 2018, assim como a inédita qualificação para o Europeu feminino, em 2017.

O dirigente esloveno disse ainda ter visitado a Cidade do Futebol durante a ‘final a oito’ da Liga dos Campeões de 2019/20, disputada em Lisboa, face à pandemia de covid-19, destacando os elogios que mereceu a infraestrutura, que, além de sede e espaço de treino, acolhe ainda a Casa dos Atletas, os estúdios do Canal 11, a Portugal Football School e o Portugal Football Observatory.

“Além disso, a FPF tem revelado a sua função social durante a crise de covid-19 do país, ajudando as autoridades de saúde de Portugal ao disponibilizar a Casa dos Atletas como hospital de retaguarda para os pacientes, e disponibilizando também colaboradores para trabalharem como voluntários”, rematou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.