A equipa espanhola entrou determinada no jogo e logo aos 2 minutos, Granero colocou o Real em vantagem, após passe magistral de Kaká.

Cristiano Ronaldo ameaçou a baliza de Weidenfeller aos 5 minutos de jogo, mas não conseguiu bater o guardião germânico. O Real Madrid dominou a primeira parte mas foi para intervalo a vencer o jogo por 1-0.

A segunda parte começou como a primeira e logo aos 47 minutos, Robben com um remate violento dilata a vantagem para os “merengues”.

O Borussia de Dortmund a jogar em casa, perante o seu público, não foi capaz de combater a superioridade espanhola e aos 72 minutos o internacional holandês Robben ofereceu o terceiro golo a Higuaín.

O holandês esteve envolvido no quarto golo do Real Madrid, quando Omowuyela fez falta para grande penalidade sobre Robben. O brasileiro Kaká ampliou a vantagem para humilhação do anfitrião centenário.

Ronaldo jogou os noventa minutos mas ficou em branco nos golos. Nos minutos finais, o internacional português esteve perto de marcar através de um livre à entrada da área. A bola foi à barra.

A vencer com uma vantagem tão grande, Pellegrini lançou em jogo Drenthe, Garay e Raúl. O internacional espanhol ainda teve tempo de fazer o gosto ao pé após uma desatenção no eixo defensivo alemão.

O Real Madrid terminou a fase de pré-época com uma goleada por 5-0, dando boas indicações ao técnico chileno.

Nota positiva para o público presente no estádio Signal Iduna Park que aplaudiu a equipa até ao fim, apesar da goleada infligida pelos “galácticos”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.