Depois dos elogios de Drogba, José Mourinho é agora visado pelas críticas de Andryi Shevchenko. O avançado ucraniano não foi feliz no Chelsea sob o comando do técnico português e atribui-lhe alguma culpa pelo seu insucesso. "Mourinho é um grande organizador. A atenção que tem em relação os detalhes antes dos jogos é incrível, mas talvez precise de falar mais com os jogadores", disse o jogador, de 33 anos, que chegou ao clube como uma imposição do patrão Roman Abramovich, sem ter sido pedido pelo 'Special One'.

Todavia, Shevchenko reconhece nas lesões o principal problema nas épocas vividas em Londres. "As lesões foram a causa principal do meu fracasso. Por isso, os adeptos do Chelsea nunca viram o verdadeiro Shevchenko", explicou em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.