A UEFA agendou apenas para terça-feira, uma reunião de emergência com os representantes das suas 55 federações-membro para analisar as consequências do Covid-19.

Em comunicado, o organismo diz que além dos representantes das suas federações, a reunião contará  com os directores da Associação Europeia de Clubes e das Ligas Europeias, e de um representante da FIFPro.

Esta reunião será por video-conferência e está agendado para terça-feira, 17 de Março, de modo a discutir a resposta do futebol europeu ao surto do Covid-19.

Diz a UEFA, no comunicado, que "as discussões incluirão todas as competições nacionais e europeias, incluindo o UEFA EURO 2020".

Esta é a resposta da UEFA sobre a propagação do COVID-19 por toda a Europa e da mudança na análise da Organização Mundial da Saúde que considerou a doença como uma pandemia.

A pandemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.500 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ultrapassou as 124 mil pessoas, com casos registados em 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 78 casos confirmados.

A Itália é o caso mais grave depois da China, com mais de 12.000 infetados e pelo menos 827 mortos, o que levou o Governo a decretar a quarentena em todo o país.

Veja neste mapa (alguns) dos eventos já afetados pelo Covid-19

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.